segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Todo homem que te procura vai pedir-te alguma coisa... (Amado Nervo)


Todo homem que te procura vai pedir-te alguma coisa: o rico aborrecido, a amenidade da tua conversa; o pobre,o teu dinheiro; o triste,um consolo; o débil, um estímulo; o que luta, uma ajuda moral. Todo homem que te busca, certamente há de pedir-te alguma coisa.

E tu ousas impacientar-te! E tu ousas pensar que isso é um fastídio! Infeliz! A lei oculta, que reparte misteriosamente as excelências, dignou-se outorga-te o privilégio dos privilégios, o bem dos bens, aprerrogativa das prerrogativas: "DAR". Tu podes dar!

Em todas as horas de que é feito um dia, tu dás, ainda que seja um sorriso, ainda que seja um aperto de mão, ainda que seja uma palavra de alento. Em todas as horas de que é feito um dia, tu te assemelhas a Ele, que não é senão doação perpétua e perpétuo regalo.

Deixa-te cair de joelhos, e dizer: - "Graças, meu Deus, por eu poder dar! Nunca mais pelo semblante passará uma sombra de impaciência! Em verdade, em verdade vos digo que mais vale dar que receber!"


Amado Nervo
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário